Quão importante é o falar… Através dele abençoamos ou condenamos, trazemos alegria ou tristeza, edificamos ou destruímos, a alma de quem nos ouve. Muitos não fazem ideia das consequências do seu falar, e por isso falam antes mesmo de refletir sobre o que será dito.  Todos temos a escolha sobre o que dizemos, e há recompensas para quem a fizer corretamente.  Tomemos conta da nossa língua e escolhamos as palavras corretas. Mesmo na necessidade de exortação, que essa seja feita em amor para que haja edificação.  E observem ainda as palavras negativas e de murmuração pois elas ampliam a situação ou momento desagradável que está sendo vivido.

“O coração do justo medita o que há de responder, mas a boca dos perversos transborda maldades.” Provérbios 15:28

“A morte e a vida estão no poder da língua; o que bem a utiliza come do seu fruto.” Provérbios 18:21

“Nossas palavras podem justificar-nos ou condenar-nos.” Mateus 12:37

Oração:

Senhor, peço que Tu guardes tanto a minha boca como a do meu cônjuge.  Que de nossas bocas não saiam palavras que gerem morte, e sim vida.  Constrange-nos com Seu amor de maneira a não murmurarmos, resmungarmos, não usarmos linguagem torpe que venha a magoarmos um ao outro e aos que nos cercam.

Que nosso falar seja edificador, impulsionador de sonhos, gerador de alegrias.  Sua Palavra diz que nossa boca fala do que está cheio o nosso coração, então Senhor nos limpa de tudo o que não provém de Ti. Encha nosso coração das alegrias das Tuas promessas. Que o Seu Espirito de amor reine através daquilo que dizemos, e que não entendamos mal ou firamos um ao outro pelo mal falar.

Eu oro em nome de Jesus, amém!