Escolha uma Página


João 14:15 –  Se me amais, guardai os meus mandamentos.

Explicando aos seus discípulos qual é a natureza do relacionamento real entre eles e seu Mestre, Jesus disse: “Se me amares, guardareis os meus mandamentos” (João 14:15).

Quando duas pessoas, após explorar o profundo de sua personalidade, decidem dedicar o seu amor um ao outro, umas das coisas que acontecem é o estabelecimento de um contrato pelas duas.

Explicita ou implicitamente, a expressão do amor a dois implica a aceitação de um pacto, no qual ambos definem as coisas que são aceitáveis e aquelas que não serão aceitas, no relacionamento que viverão. Essas cláusulas funcionam como mandamentos. Quando tais mandamentos são desrespeitados sistematicamente, não há relacionamento de amor que agüente.

Quando o amor é consciente e coerente, ninguém acha pesado cumprir os “mandamentos” do contrato de amor. Pelo contrário, no pacto do amor, guardar os mandamentos é algo alegre e feliz, sempre aperfeiçoando a personalidade dos que amam. O sentimento do amor deve expressar-se por obras coerentes de amor.

 Pr. Olavo Feijó – AMOR EM CRISTO