Escolha uma Página
O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é arte-app-1024x256.png

Lucas 24:32 – E disseram um para o outro: Porventura não ardia em nós o nosso coração quando, pelo caminho, nos falava, e quando nos abria as Escrituras?

Corroídos pela dor da perda de Jesus, dois discípulos caminhavam para Emaús e, de tanta tristeza, nem perceberam a presença do Mestre ressuscitado, que lhes acompanhava. Foi somente, em casa, quando se deram conta de Jesus, que eles disseram após o desaparecimento de Cristo: “Porventura não ardia em nós o nosso coração quando, pelo caminho, nos falava e quando nos abria as Escrituras?” (Lucas 24:32).

Corroídos pela dor de nossas perdas, nós também perambulamos pelos caminhos de Emaús. E nada nos conforta, porque nossa perda é muito grande. Nem ainda quando o Senhor abre para nós as Escrituras e procura explicar-nos os planos divinos para a nossa vida.

Felizmente, para nós, o Senhor não desiste. E nos acompanha em nossa trôpega caminhada. E procura intimidade conosco entrando em nossa casa, comendo a nossa ceia.

Jesus insiste conosco, até aquele momento da sua bênção quando, muito envergonhados, descobrimos a sua presença e que Ele nunca nos abandonara. Com Jesus, nossas perdas são perdidas, nos nossos caminhos de Emaús.

Pr. Olavo Feijó – AMOR EM CRISTO