Escolha uma Página
O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é arte-app-1024x256.png

João 10:10 – O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.

Os valores espirituais, baseados nas estruturas humanas das religiões sempre têm enfatizado a virtude da barganha existencial. Daí o conceito de “comprar a salvação”, discutido durante um diálogo entre Jesus e um jovem que possuía muito dinheiro.

Após ouvir de Jesus o conselho de se desfazer de suas posses materiais para, então, seguir o Mestre, o opulento religioso ficou muito desapontado, uma vez que, até então, sua riqueza material, base de suas esmolas, “garantia” sua teologia pessoal da salvação.

A teologia bíblica da salvação não nos pergunta sobre o que temos, mas quem somos. Este é o contexto espiritual da confissão de Paulo: “Eu sou o menos importante dos apóstolos e até nem mereço ser chamado de apóstolo, pois persegui a Igreja de Deus. Mas, pela graça de Deus sou o que sou e a graça que Ele me deu não ficou sem resultados… No entanto, não sou eu quem tem feito isso, e sim a graça de Deus que está comigo” (I Coríntios 15:9-10). O Senhor Jesus, ao nos revelar Sua missão aqui na Terra, declarou: “Eu vim para que as ovelhas tenham vida, a vida completa” (João 10:10).

Pr. Olavo Feijó