Escolha uma Página
O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é arte-app-1024x256.png

1 Coríntios 15:54 – E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória.

Paulo nos revela a ação do Senhor Jesus Cristo como sendo o instrumento usado por Deus, para extirpar de nossa alma a enfermidade mortal que é o pecado: “A morte será destruída! A vitória é completa… Agradeçamos a Deus, que nos dá a vitória por meio do nosso Senhor Jesus Cristo” (I Coríntios 15:54, 57).

Falando com Marta sobre a ressurreição de Lázaro, seu irmão, Jesus se revelou, dizendo: “Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em Mim, ainda que morra, viverá – e quem vive e crê em Mim nunca morrerá. Você acredita nisso?” (João 11:25-26). A revelação absoluta das Escrituras nos ensina e nos fortalece, declarando: “Deus é amor. Aquele que vive no amor vive unido com Deus e Deus vive unido com ele… No amor não há medo: o amor que é totalmente verdadeiro afasta o medo… Nós amamos, porque Deus nos amou primeiro” (I João 4:16-19).

Ser cristão não deve ser visto como uma vida de conforto e bem-estar. O Senhor Jesus fez questão de nos revelar as durezas e dificuldades que temos de sofrer, por causa de nossa lealdade a Ele: “No mundo, vocês vão sofrer, mas tenham coragem. Eu venci o mundo” (João 16:33).

Pr. Olavo Feijó