Escolha uma Página
O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é arte-app-1024x256.png

Isaías 40:3 – ¶ Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do SENHOR; endireitai no ermo vereda a nosso Deus.

Não faltam, neste mundo, sinais que indicam como caminhar para longe de Deus. Aparentemente, os marqueteiros de Satanás são mais dedicados do que os propagandistas de Cristo. O caminho que conduz à morte continua atraindo mais gente do que o “apertado caminho que conduz à vida”. Quando Jesus nos mandou invadir o mundo e fazer Seus discípulos, mais uma vez aquilo que Deus nos mandou pela voz de Isaías nos desafia: “Preparem no deserto um caminho para o Senhor. Abram ali uma estrada reta para o nosso Deus passar!” (Isaías 40:3).

Nunca foi por acaso que Paulo chamou de loucura o nosso testemunho sobre Jesus, o Messias (I Coríntios 1:23-25). Não é por acaso, também, que muitos de nós, cristãos, agimos como se Deus não precisasse de nós. Não é, ainda, por acaso que o “ide” preguiçoso de Satanás tenha mais seguidores, do que o “ide” desafiador de Jesus. “Afinal de contas”, pensam muitos, “que tipo de Deus Todo-poderoso é Este que, para salvar o mundo, depende de nós, frágeis cristãos?”

Entendamos ou não a mensagem “louca” do Evangelho, a ordem do Senhor continua valendo, continua nos incomodando, continua nos envergonhando por nossa omissão. Somos sucessores de João Batista. Cada vez que aplainamos o “caminho para o Senhor” vivemos mais um pedaço da profecia de Isaías. E mostramos a este undo infeliz, cheio de desertos habitados por serpentes venenosas e cactos espinhosos, que o caminho para Cristo passa exatamente por ali. Passa por nós e anuncia a obra do Espírito de Cristo – Cristo, cujo poder transforma o pior deserto em jardim! Nós, os jardineiros de Cristo, vencedores da morte dos desertos.

Pr. Olavo Feijó – AMOR EM CRISTO