Escolha uma Página

Referências bíblicas: – Gênesis 1: 26, – 1 Pedro 1: 15 e 16

À medida que for conhecendo o Pai celeste, você também conhecerá seu próprio  coração e à medida que você amadurecer esse relacionamento, Deus te mudará e  moldará porque a mudança verdadeira começa pelo coração.

Deus é uma pessoa e muitas vezes esquecemos disso. Não aprendemos amar  alguém sem ser transformado por esse amor. Essa é a natureza do amor que reflete  o coração de Deus.

Deus quer transformar seu coração para que além de imagem e semelhança  (Gênesis 1:26) você também tenha o caráter dEle.

‘’Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em  toda a vossa maneira de viver; Porquanto está escrito: Sede santos, porque  eu sou santo.’’ (1 Pedro 1:15,16)

Já percebeu que quando dizemos para um pai ou uma mãe ‘’Seu filho (a) se parece  muito com você’’ eles abrem um sorrisão? 😀 É isso que Deus, seu Pai, quer!

Conforme seu relacionamento com Deus for se desenvolvendo, você descobrirá  recantos de incredulidade, orgulho e egocentrismo em seu coração e ninguém gosta  de ter seus defeitos expostos. Reconhecer os defeitos instalados no coração é  admitir que somos dependentes para transformação.

Mas essa dependência é a condição central mais imprescindível para uma vida de  oração porque um coração dependente e necessitado é um coração que ora. A  dependência é como o batimento cardíaco da oração.

Por isso quando o desconforto chegar não se afaste de Deus, mas corra para ele!  Esse desconforto é um sinal de que o Senhor, através do Espírito Santo, está  querendo trabalhar na sua vida.